12/12/2017

Bandidos explodem caixas eletrônicos no Sul de Minas



    Formiga, Botelhos e Juruaia foram vítimas dos ataques de quadrilhas. Polícia Militar não conseguiu localizar os suspeitos




    A madrugada desta terça feira (12) foi bem movimentada no Sul de Minas, três cidades foi alvo de uma quadrilha de assalto a banco.
    A primeira ação dos bandidos foi na cidade de Botelhos – MG, os bandidos invadiram duas agências bancarias ( Banco do Brasil e Banco Siccob), agindo simultaneamente, de acordo com o boletim de ocorrência, os policiais receberam informações que dois carros entraram na cidade em alta velocidade, desconfiados os militares foram para um ponto estratégico da cidade e ficaram observando toda a ação dos bandidos.
    No momento havia apenas dois policiais de plantão, já a quadrilha estavam em cerca de 10 bandidos armados com fuzil, pistola calibre 12 e coletes a prova de balas. Durante toda a ação os bandidos disparavam tiros em várias direções, enquanto isso outros bandidos se dividiram em dois bancos ao mesmo tempo. Quando os reforços policiais das cidades vizinhas chegaram os bandidos já tinham deixado a cidade.
     Um fato que chamou a atenção nessa ação é que segundo informações outros bandidos ficaram próximos às residências de policiais que moram na cidade mas estavam de folga, evitando assim qualquer tipo de reação desses Pms.
     "Eles chegaram à cidade e atiraram muitas vezes para o alto em pontos estratégicos, impossibilitando que os militares chegassem de imediato ou acionassem reforço. O pessoal que estava em serviço na hora teve que estabelecer um protocolo de segurança para poder iniciar o combate. A ação deles durou cerca de 30 minutos e os moradores ficaram assustados devido ao alto número de disparos," contou sargento Gonçalves.
     Ainda segundo o sargento Gonçalves, os bandidos, estavam em uma Fiat Toro preta e em uma Chevrolet S10 branca.
    Cerca de duas horas depois na cidade de Juruaia- MG, 66km de distância de Botelhos, a agência dos Correios foi invadida. Pelas características a polícia acredita ser a mesma quadrilha que invadiu os bancos horas antes em Botelhos.
    Com a ajuda de ferramentas como maçaricos e serras os bandidos abriram o cofre e levaram todo o dinheiro que estava dentro, durante toda a ação os bandidos dispararam tiros em várias direções, 3 lojas tiveram suas vitrines alvejadas. Uma das lojas foi furtada pelos criminosos. Segundo o proprietário da loja o prejuízo é calculado em torno de 5 mil reais, já os bancos e o correio não foram divulgados os valores levados pelos bandidos.
    "Não foi explosão, foi um furto qualificado. Arrombaram a porta da frente do Correios e utilizaram maçarico, serra e marreta para abrir o cofre e pegar o dinheiro. Com tiros, eles danificaram também as portas de vidro de uma loja loja de calçados a 80 metros da agência, entraram no estabelecimento e levaram diversos calçados, bonés e camisetas," explicou o militar.
     Ainda conforme o sargento, a S10 branca foi estacionada em frente aos Correios, enquanto a Toro preta, que também teria sido utilizada na explosão em Botelhos, deu cobertura à ação. "Tudo indica que são as mesmas pessoas, já que é muita coincidência, mas não podemos afirmar com certeza," disse o militar.
     Outra ocorrência com as mesma caracteristicas aconteceu na cidade de Formiga, um caixa do Banco do Brasil instalado dentro do Fórum de Formiga, no centro do município, também foi destruída naa madrugada desta terça-feira. A Polícia Militar informou que câmeras de segurança registraram o crime.
    Testemunhas contaram aos policiais que tiros foram disparados durante o ataque pelos 10 criminosos que ocupavam um Honda Civic. O grupo fugiu e não foi localizado. Equipes da Polícia Civil fazem os trabalhos de perícia no local nesta manhã. Buscas são realizadas pela Polícia Militar em municípios próximos para localizar os suspeitos.
     A polícia analisa as imagens de câmeras de segurança na tentativa de identificar os criminosos.